Piracicaba

.: Caminhada Inclusiva marca Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

Data: 22/09/2022

Autor: Flávia Silva Perez

“O ser humano não pode ser definido por sua deficiência. Seu direito é igual ao de qualquer outra pessoa”. Essa foi a frase que mais ressoou durante as ações da VIII Semana Municipal de Luta da Pessoa com Deficiência, principalmente na Caminhada Inclusiva, realizada ontem, dia 21/09, que reuniu mais de 100 participantes entre pessoas com deficiência e suas famílias, organizações da sociedade civil, membros de conselhos de direitos, atiradores do Tiro de Guerra e população em geral.

Participantes da Caminhada Inclusiva com cartazes / Foto Isabela Borghese

Cartazes, faixas e muita alegria agitaram a caminhada que percorreu a rua Governador Pedro de Toledo, passando pela São José até chegar na praça José Bonifácio onde, além do encontro, contou também, com homenagens, apresentações musicais e culturais e massoterapia.

Um dos participantes da caminhada foi Lucas Alexandre, 23 anos, conhecido por ter um canal no YouTube chamado Lucão, o Mensageiro. “Acho importante essa ação. Ela nos dá visibilidade e passa a mensagem de que, apesar de nossas limitações enquanto pessoas com deficiência, podemos ser e fazer aquilo que quisermos”.

“Nossa ideia é sempre buscar que as pessoas tenham acesso a todos os lugares. O principal objetivo é que pessoas com deficiência estejam no lugar que elas queiram estar”, enfatizou a coordenadora do Comdef, Elisangela Oliveira.

Euclidia Fioravante, secretária da Smads durante a Caminhada Inclusiva

Presente no evento, a secretária da Smads, Euclidia Fioravante, falou sobre o apoio que a Pasta está dando para o Comdef e organizações sociais que trabalham com as pessoas com deficiência. “Queremos, cada vez mais, alcançar a garantia dos direitos e igualdade de oportunidades”.

A programação da VIII Semana de Luta da Pessoa com Deficiência segue até amanhã, sexta-feira, dia 23/09, no anfiteatro da Secretaria Municipal de Educação (rua Cristiano Cleopath, 1.902, Alemães), com a roda de conversa sobre a Lei Brasileira de Inclusão e o enfrentamento para a sua implementação. A ação contará com a participação da Comissão da Pessoa com Deficiência da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e pessoas com deficiência de Piracicaba.

Da esquerda para a direita, Gisele Milhomem, Euclidia Fioravante, Claudio Aleoni, Marcio Domingues, César Nascimento e Elisangela Oliveira

AÇÕES NA SEMANA DE LUTA – Ao todo, mais de 400 pessoas participaram nas ações realizadas essa semana. O seminário de abertura, intitulado Sobre Pessoas, foi o start para as demonstrações do quanto a pessoa com deficiência não pode ser definida por sua limitação. Claudio Aleoni Arruda contou sua trajetória de vida e as experiências que o levaram a se tornar escritor e palestrante. “A deficiência não me abalou em nada, pelo contrário, me mostrou que a determinação e a força de vontade podem me levar mais longe. Em toda a minha vida, busquei crescimento profissional, cursos de capacitação e hoje sou um empreendedor”, contou com orgulho.

Márcio Domingues, 39 anos, também contou a sua história. “Perdi minha visão por um descolamento de rotina há sete anos e confesso que eu e minha família demoramos para aceitar a condição. Hoje sou membro do Comdef, massoterapeuta e acabei de me formar no Senac, no curso de reflexologia; sou usuário da Avistar onde trabalho na recepção”.

“A falta de acessibilidade nos locais é um problema. Desde pequena, sempre procuro locais para conhecer, mas, infelizmente, nunca tem intérpretes. Precisamos nos fortalecer e lutar por nossos direitos para que a acessibilidade seja uma realidade”, ressaltou Gisele Milhomem, usuária da Assupira. César Nascimento, bancário e membro do Comdef também falou sobre as dificuldades que encontrou em sua trajetória trabalhista.

Participantes do workshop Comunicação Acessível - Foto Davi Negri

COMUNICAÇÃO - O workshop Comunicação Acessível também fez parte da programação da Semana de Luta e foi realizado para comunicadores de Piracicaba. Ministrado pelo chefe de Comunicação da Câmara Municipal, Rodrigo Alves, com auxílio de Érica Diniz, convidados pelo Comdef, o workshop reuniu profissionais de comunicação para falar sobre adaptação de informações para a divulgação de conteúdos, importância da acessibilidade nos meios digitais e a utilização de audiodescrição, legendas, janelas de Libras, além da troca de experiências com o projeto Câmara Inclusiva.

O evento teve início com uma dinâmica, para que todos os participantes pudessem entender as dificuldades enfrentadas por pessoas com deficiência visual, quando não há audiodescrição em um vídeo.

Tássia Espego, diretora do Centro de Comunicação Social da Prefeitura, aprovou a ação. “Vem exatamente no momento em que estamos virando essa chave na comunicação da Prefeitura. Estamos em fase de finalização de um novo site que proporcionará mais acessibilidade. Estamos, também, organizando nossas redes sociais, que hoje têm um expressivo alcance de público, para torná-las mais acessíveis”, concluiu.

 

Fonte: Smads

X

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente






X

Enviar e-mail para amigo!

O link da notícia será enviado automaticamente






Desenvolvimento Rural Sustentável Multas - Consulta e Parcelamento Resultados de Exames Editais Cultura
Webmail
Contato Prefeitura: Tel. (19) 3403-1000
Rua Capitão Antônio Corrêa Barbosa, 2233 - Chácara Nazareth - Piracicaba/SP
2022 - Todos os direitos reservados | Prefeitura de Piracicaba
Desenvolvimento Imagenet