Piracicaba

.: Cemitério da Saudade registra grande procura por dados de antepassados

Data: 14/09/2016

Autor: CCS/ Foto: Justino Lucente

A busca por informações sobre os antepassados tem levado muitas pessoas ao Cemitério da Saudade, o mais antigo de Piracicaba. A procura é realizada por historiadores e também por aqueles que desejam obter a cidadania estrangeira, como descendentes de alemães, espanhóis, árabes, americanos, holandeses, franceses e, principalmente, italianos. De acordo com a Administração, diariamente, de oito a dez pessoas consultam os livros de registro disponíveis no campo santo, que é mantido pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Sedema).

Nos livros do Cemitério da Saudade estão registrados sepultamentos que ocorreram na cidade a partir de 1872. Neles, constam o nome do sepultado, a data de seu sepultamento, cor, sexo, nacionalidade, idade, causa da morte, filiação, nome do médico que atestou o óbito, número da rua, quadra e sepultura.

De acordo com Elaine Seguezzi, chefe do Setor de Cemitérios da Sedema, a grande procura por documentos para cidadania e para histórico familiar levou a Administração a iniciar a digitalização dos livros, para acelerar o processo e também para salvaguardar esses documentos de grande importância histórica, que antes precisavam ser manuseados. Este trabalho teve início em 2014 com o convênio firmado entre a Prefeitura, por meio da Sedema e IHGP (Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba) e custou cerca de R$ 55 mil. Já foram digitalizados 15 (quinze) livros e 12 inda passarão pelo processo. Cada um tem cerca de 500 páginas. “Estamos passando as informações para os computadores de frente para trás. Até o momento chegamos ao ano de 1943. Anteriormente a esse período, a consulta tem de ser manual ou no site do IHGP”, informa Elaine. A consulta via internet já pode ser feita nos seguintes links:

IHGP: https://www.flickr.com/photos/ihgpdocs/albums e http://www.ihgp.org.br/livros-de-registro-de-sepultamentos-do-cemiterio-da-saudade-piracicaba-sp/

 

DICAS – Para facilitar o trabalho de pesquisa, Elaine criou um roteiro de pesquisa com dicas para os interessados e endereços (leia abaixo) de outros espaços onde elas podem ser conseguidas já que, mesmo com a digitalização, há outros desafios a serem enfrentados por aqueles que buscam sua história passada. As datas, segundo ela exemplifica, são de extrema importância, mas não garantem sucesso já que muitos imigrantes alteravam a grafia dos seus nomes. “Muitos imigrantes alteravam ou tinham seu nome verdadeiro alterado ao entrar no Brasil ou na chegada às fazendas, onde eram encaminhados para trabalhar nas lavouras de café, principalmente”, conta. “Além de cemitérios, procure pesquisar nas Cúrias do Município (gerência das igrejas católicas) ou nas igrejas da comunidade a que seu parente pertencia, onde estão certidões de nascimento (batismo), casamento e óbito, antigamente emitidas por estas instituições”, lembra. Portos, também podem ser uma referência. “Muitos imigrantes desembarcavam no Rio de Janeiro e depois vinham para São Paulo”, conta.

 

CONFIRA ABAIXO OS LINKS PARA CONSULTAS

Livros do Cemitério da Saudade: IHGP: https://www.flickr.com/photos/ihgpdocs/albums ou http://www.ihgp.org.br/livros-de-registro-de-sepultamentos-do-cemiterio-da-saudade-piracicaba-sp/

Arquivo do Estado de São Paulo: http://www.arquivoestado.sp.gov.br/imigracao/

Arquivo Nacional: http://www.arquivonacional.gov.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?sid=168

Museu da Imigração: http://museudaimigracao.org.br/

 

X

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente





8 - 0

X

Enviar e-mail para amigo!

O link da notícia será enviado automaticamente





8 - 0

Plano diretor Racismo é Crime Resultados de Exames
Campanha Sinal Aberto pra vida
Webmail
Contato Prefeitura: Tel. (19) 3403-1000
Rua Capitão Antônio Corrêa Barbosa, 2233 - Chácara Nazareth - Piracicaba/SP
2018 - Todos os direitos reservados | Prefeitura de Piracicaba
Desenvolvimento Imagenet