Piracicaba

.: Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas é debatido com gestores de escolas e profissionais da assistência

Data: 10/10/2018

Autor: Sabrina Rodrigues Bologna: 31076/Fotos: Bia Pascarelli

 

Abertura do evento, com a presença do Prefeito e representantes das Secretarias Municipais de Educação, Saúde e Desenvolvimento Social, Guarda Civil e da Diretoria Regional de Ensino

Piracicaba, 10 de outubro de 2018 – Gestores das escolas municipais e estaduais, além de profissionais da assistência social, debateram nesta manhã (10), no Salão Nobre da Fundação Municipal de Ensino (Fumep) a segurança e a saúde nas escolas, a partir da temática Escola enquanto espaço de libertação do ciclo vicioso do trabalho infantil. O evento contou com apresentações culturais dos Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) e transmissão do documentário Nunca me sonharam.

Apresentação do Case Bosques do Lenheiro, com a temática a A Pequena Sereia

Presente na solenidade de abertura, o Prefeito Barjas Negri lembrou que Piracicaba realizou um pacto pela infância, que inclui em resultados a redução da mortalidade infantil, o número de atendimento de crianças de 0 a 3 anos maior que a média nacional e um número elevado de escolas em tempo integral. “Piracicaba fez um pacto pela infância, que inclui redução de índices de mortalidade infantil. Nossa educação infantil atende 60% das crianças de 0 a 3 anos, enquanto a média nacional é de 30% e ainda temos 18 escolas estaduais em tempo integral, das pouco mais de 500 escolas distribuídas no Estado”. Ele também lembrou que o município é adepto do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - Peti, do Governo Federal, e desenvolve diferentes atividades na área de assistência social, saúde e educação, como é o caso do Case, realizado em parceria entre a Associação Atlética Educado Pelo Esporte e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Semdes). O Case é um serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos que oferece atividades no contraturno escolar para crianças com vulnerabilidade social, prioritariamente aquelas que se encontram em situação de trabalho infantil.

 

 

Apresentação do Case Jardim Itapuã, com a temática 101 Dálmatas

O evento, alusivo o dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas, comemorado hoje, teve realização da Prefeitura de Piracicaba, por meio das Secretarias Municipal de Desenvolvimento Social, Saúde e Educação e o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, por meio da Comissão Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil de Piracicaba (Competi).

O dia nacional de segurança e saúde nas escolas foi instituído por lei federal em 2012, para que as temáticas da saúde e da segurança fossem discutidas no ambiente escolar. Este ano, Piracicaba entendeu que a pauta do trabalho infantil era condizente com o tema porque quando o ser humano é inserido de forma precoce e irregular no mundo do trabalho, a saúde a segurança desta criança pode estar comprometida e a escola é o principal lugar para acolher as crianças para que elas possam ter oportunidades e condições de quebra deste ciclo.

 

 

Centro de Comunicação Social

Sabrina Rodrigues Bologna: 31076

X

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente





10 - 10

X

Enviar e-mail para amigo!

O link da notícia será enviado automaticamente





10 - 10

Plano diretor Racismo é Crime Resultados de Exames
Campanha Sinal Aberto pra vida
Webmail
Contato Prefeitura: Tel. (19) 3403-1000
Rua Capitão Antônio Corrêa Barbosa, 2233 - Chácara Nazareth - Piracicaba/SP
2018 - Todos os direitos reservados | Prefeitura de Piracicaba
Desenvolvimento Imagenet