11 mil pessoas prestigiaram a Festa das Nações ontem, 19/05; um dos maiores públicos para quinta-feira

Autor: Assessoria de imprensa-FENAPI

Público ontem, dia 19, foi de 9.950 pessoas, um dos maiores registrados em uma quinta-feira

Ontem, quinta-feira, 19/05, a 37ª edição da Festa das Nações recebeu 11 mil pessoas, um dos maiores públicos registrados em uma quinta-feira. Hoje, sexta-feira, 20/05, e neste fim de semana o programa em família e com os amigos está garantido no fim de semana. A 37ª Festa das Nações começa mais cedo, às 11h, amanhã, sábado, 21, e domingo, 22/05. Os restaurantes vão servir almoço, com comidas típicas de 15 nações diferentes. Os shows no Palco Principal começam às 12h e a festa segue até as 2h no sábado e até as 18h no domingo, último dia.

Sábado e domingo são dias de almoçar na Festa das Nações

O público terá a oportunidade de ter à disposição o melhor da gastronomia da Alemanha, Brasil, Coreia do Sul, Espanha, Estados Unidos, Holanda, Índia, Itália, Japão, México, Nações Árabes, Nova Zelândia, Portugal, Reino Unido e Suíça. Quem quiser conferir o cardápio antes de ir para o Engenho pode fazê-lo pelo site da Festa das Nações: festadasnacoes.org.br, no botão Instituições e Cardápios. É só acessar e clicar na bandeira da nação.

Sábado e domingo são dias de almoçar na Festa das Nações

SEXTOU – Hoje, sexta, 20/05, a Festa das Nações começa às 19h. A apresentação das Rainhas da 37ª Festa das Nações será às 20h e haverá shows de música e dança indianas e Orquestra Piracicabana de Viola Caipira, a partir das 21h.

Amanhã, sábado, os shows começam às 12h, com Grupo Karon Cali, de dança árabe, seguido do Choro de Saia, Maracatu Baque Caipira, Samba de Lenço, Orquestra Sanfônica, do grupo de tradição suíça Tanzgruppe Helvetia, de dança gaúcha CTG Meu Pago. Às 19h, o público poderá acompanhar apresentação cultural coreana, a Orquestra Sinfônica de Piracicaba e a Orquestra Paulistana de Viola Caipira.

No domingo a apresentação Aprendendo com a Música abre a programação de shows, às 12h, seguida da Congada do Divino Espírito Santo, do grupo de dança Cor & Corpo, do Grupo Santa Olímpia de Danças Folclóricas, do grupo de dança folclórica Raízes de Portugal e da Orquestra Educacional de Piracicaba, que fecha o evento.

ELA TRAZ FELICIDADE – A festa é um momento de alegria para todos os piracicabanos e tem uma importância especial para as instituições beneficiadas com sua renda, que auxiliam cerca de 30 mil pessoas com seus projetos sociais. Para quem está à frente dessas instituições, dá o fôlego necessário para continuar ajudando.

É o caso de Ediane Campos, coordenadora comercial do Espaço Pipa, que atendem pessoas com Down, e cuida do restaurante Brasil na festa.  "Era um momento muito esperado, tanto para instituições quanto para o público", disse. A renda da festa complementa as recebidas pelo governo, no pagamento de funcionários, por exemplo. "A Festa das Nações é uma das nossas maiores fontes de renda. Com ela, conseguimos ter pelo menos seis meses mais tranquilos", conta.

Ediane Campos e equipe de voluntários do restaurante Brasil, mantido pelo Espaço Pipa

José Luiz Camolesi, presidente da Pasca (Pastoral do Serviço da Caridade), conta que a renda da festa ajuda a manter projetos como o Família Acolhedora, o Seame e o Preventivo, como complemento de outras verbas que chegam do governo. "Trabalhar sem dinheiro não é possível. Buscamos na sociedade várias saídas, mas não tivemos êxito. Com a festa, a gente vai formar um caixa que ajuda muito. A festa, para nós, é muito importante", relatou. A Pasca é a responsável pelo restaurante Portugal.

José Luiz Camolesi, presidente da Pasca, do restaurante Portugal, e voluntárias

Já o Cesac (Centro Social de Assistência e Cultural São José) tem à frente José Marcos Abdala na presidência e mantém o restaurante Nações Árabes. Para Abdala, a festa tem importância vital na manutenção dos projetos. "Nestes dois de pandemia e sem a festa muita coisa ficou pela metade. De uns tempos pra cá a festa se tornou significativa. As pessoas nem imaginam, quando vêm para a festa, o quanto elas ajudam a cidade", conta Abdala.

José Marcos Abdala, presidente do Cesac, que mantém ao restaurante Nações Árabes na Festa das Nações

O QUE VOCÊ PRECISA SABER PARA IR À FESTA DAS NAÇÕES

INGRESSOS - Ingressos antecipados para a 37ª Festa das Nações estão à venda pela internet, todos os dias, às 16h. Para adquirir o seu é só entrar no endereço festadasnacoes.org.br, clicar no botão Ingressos e escolher os dias. O bilhete para o estacionamento estará à venda nas bilheterias.
As vendas nas bilheterias acontecem a partir das 19h, hoje, e das 11h, sábado e domingo. Os ingressos neste ano custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia-entrada). São aceitos cartões de crédito, débito e dinheiro.
Há três acessos ao Engenho Central, onde também estão as bilheterias: entradas do Engenho pelo Parque do Mirante (avenida Maurice Allain), passarela Pênsil (avenida Beira Rio) e passarela Estaiada (avenida Beira Rio).

No botão Ingressos estão todas as informações sobre gratuidade e meia-entrada. O termo para a entrada de menores de idade na Festa das Nações também está no botão Ingressos: o acesso de menores de 16 anos só será possível na companhia de um adulto ou responsável e com o preenchimento da declaração necessária, disponível, também, no botão Ingressos e nas bilheterias.

Hoje a festa começa às 19h e se encerra às 2h. Amanhã, sábado começa às 11h e termina às 2h, e no domingo começa às 11h e termina às 18h. No botão Ingressos também estão horários de início e fim das bilheterias e do estacionamento.

ESTACIONAMENTO – Os valores do estacionamento são R$ 25 (automóveis e caminhonetes) e R$ 12 para motos.
O público tem à disposição bolsões de estacionamento criados nas ruas no entorno no Engenho Central. Os valores estabelecidos são R$ 25 para automóveis e caminhonetes e R$ 12 para motos. As áreas de estacionamento contam com seguranças e orientadores para os motoristas.

Os bolsões para o público têm entrada pela avenida Beira Rio (antes do Museu da Água) e pela rua Dom João Bosco com avenida Dona Lídia, na Vila Rezende. E por outras entradas secundárias: rua 13 de Maio, São José, Antonio Correa Barbosa, no Centro, e avenida Dona Maria, rua João Nery, travessa da Cana e rua Assis Chateaubriand, pela Vila Rezende e Nova Piracicaba.

O acesso ao estacionamento de serviço é pela ponte do Morato. Patrocinadores, artistas e funcionários da Secretaria da Ação Cultural acessam pela avenida Maurice Allain (ponte do Mirante).

TRANSPORTE PÚBLICO, APP e PCDs – As pessoas que preferirem podem chegar com facilidade até a Festa das Nações de ônibus e também por carro de aplicativo. No caso dos ônibus, a Secretaria Municipal de Mobilidade, Trânsito e Tranportes (Semuttran) criou a Linha 001, que vai funcionar entre os dias 18 e 22/05, com viagens do Terminal Central de Integração (TCI) até o Engenho Central, a cada 30 minutos. A linha será gratuita até as 18h, após esse horário haverá cobrança normal de passagens. A linha sairá da plataforma B1 do TCI e seguirá até a avenida Beira Rio com desembarque final entre as ruas XV de Novembro e Rangel Pestana. O retorno ao TCI começa a partir das 17h15, até as 23h15. No sábado, as saídas acontecem a partir das 9h, também sem cobrança de tarifa até as 18h. O retorno do ponto entre as ruas XV de Novembro e Rangel Pestana começa a partir das 9h15 até as 23h15.

No domingo, saídas do TCI das 9h até as 19h, sem cobrança até as 18h. O retorno para o TCI será das 9h15 até as 17h45. Todas as informações podem ser acessadas no site da Transporte TUPi (https://www.tupitransporte.com.br/) em Linhas e Itinerários.

Os veículos por aplicativo também têm um local próprio para embarque e desembarque na avenida Beira Rio, entre as ruas XV de Novembro e Rangel Pestana.

As pessoas com deficiência também têm atenção especial para curtir a Festa das Nações. Veículos do Elevar, sistema de transporte adaptado da Prefeitura de Piracicaba, fazem embarque gratuito de pessoas com deficiência (PCDs), em área no estacionamento do posto de combustíveis 3S (avenida Presidente Kennedy). A pessoa com deficiência pode embarcar com um acompanhante. Hoje, quinta, e amanhã, sexta, as vans do Elevar fazem o transporte das 17h às 23h. No sábado e domingo, das 9h às 23h. Durante todos os cinco dias da festa uma banda de jazz vai percorrer o Engenho.

INSTITUIÇÕES – A renda da 37ª Festa das Nações será destinada a 17 instituições sociais. São elas: Lions Clube de Piracicaba – Independência; APASPI – Associação de Pais e Amigos de Surdos de Piracicaba; Associação Síndrome de Down de Piracicaba – Espaço Pipa; CRAMI – Centro Regional de Registros e Atenção aos Maus Tratos na Infância; APFP – Associação Presbiteriana de Filantropia de Piracicaba; AAEPE – Associação Atlética Educando pelo Esporte; Centro de Reabilitação Piracicaba; CVV – Sociedade de Apoio à Vida Dr.Nelson Meirelles; Casa do Bom Menino; Avistar – Associação de Atendimento à Pessoa com Deficiência Visual de Piracicaba; Grupo de Escoteiro São Mário – 144º; Cesac – Centro Social de Assistência e Cultura São José; Funjape – Fundação Jaime Pereira; Pastoral do Serviço da Caridade (PASCA); Instituto Formar, Escola de Mães Profª Branca Motta de Toledo Sachs e Turma do Papai Noel.

A Festa das Nações é realizada pela Fenapi (Associação Cultural Festa das Nações de Piracicaba) e a promoção é da Prefeitura de Piracicaba, por meio do Fussp (Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba), com organização da Secretaria Municipal de Governo. Uma parte dos recursos são oriundos da Lei de Incentivo à Cultura, via Secretaria Especial da Cultura e Ministério da Cidadania.
Os patrocinadores desta edição são Caterpillar, Embraplan, Grupo Pirasa e Hyundai (Ouro), Drogal e Unimed (Prata) e Neurônio Adicional e Pecege (Bronze). A cerveja oficial é a Itaipava 100% Malte.

SERVIÇO – 37ª Festa das Nações de Piracicaba. De 18 a 22 de maio, no Engenho Central, avenida Maurice Allain, 454. Ingressos custam R$ 12 (inteira) e R$ 6 (meia-entrada). Na quarta, 18, e quinta, 19/05, todos pagam meia. Venda antecipada no site festadasnacoes.org.br, botão Ingressos e escolher os dias. Além do ingresso, também é possível comprar o bilhete para o estacionamento: R$ 25 (automóveis e caminhonetes) e R$ 12 (motos).

Contatos com a Fenapi podem ser feitos pelo email diretoria@fenapi.org.br e imprensa@fenapi.org.br.
Site: festadasnações.org.br
Facebook: festadasnacoesdepiracicaba
Instagram: festadasnacoesdepiracicaba

Imprimir