40 cartazes concorrem ao Prêmio Adilson Maluf do Salão de Humor

Autor: Assessoria AHA

Fonte: Semactur

A comissão organizadora do 46º Salão Interncional de Humor de Piracicaba e a Associação dos Amigos do Salão de Humor (AHA), concluíram ontem a primeira etapa do I concurso de Cartazes “Prefeito Adilson Benedito Maluf”, que este ano vai escolher o melhor cartaz que será a marca do 46º Salão Internacional de Humor de Piracicaba.

O prêmio foi instituído no ano passado, para homenagear o ex-prefeito que, durante sua administração, em 1974, deu apoio para a realização do I salão de Humor da cidade.

Foram inscritos 40 trabalhos do Brasil e do exterior. Artistas consagrados como o ucraniano Vladimir Kazaneweski e o chileno Kondo estiveram entre os que enviaram. Além de brasileiros conhecidos como o gaúcho Ronaldo Cunha Lima o carioca Amorim, o campineiro Paffaro e o piracicabano Willian Hussar, entre outros.

Conforme cronograma estabelecido, uma comissão de pré seleção foi designada pela AHA e pelo Salão para apreciar os 40 trabalhos e escolher os 10 melhores, que serão enviados no dia 19 de janeiro ao júri de premiação. Para a comissão de seleção foram designados os diretores da AHA, Victor Kraide Corte Real e a designer Maria Luziano, além deles, o professor universitário e responsável pelo Salão da Unimep, Camilo Riani, que tem até dia 18 de janeiro para definir os 10 melhores trabalhos.

Com a pré seleção concluída, os trabalhos serão remetidos para uma votação on line ao júri designado pela comissão organizadora do 46 Salão composto pelo belga O Sekoer, pelo peruano Walter Toscano e pelos brasileiros Jal Lovetro, Luciano Veronezi, Lailson Holanda- PE, Ubiratan Porto, AM. Além deles, foi incluído na comissão o publicitário piracicabano Osvaldo Baptista. Este júri de premiação terá até 4 de fevereiro para definir o melhor trabalho que será então impresso e utilizado na divulgação do 46º Salão de Humor de Piracicaba.

Para o diretor do Salo de Humor, Erasmo Spadotto, “a institucionalização de um concurso público em nível internacional para escolher o nosso cartaz é um avanço importante no processo organizacional do nosso Salão e abre oportunidades para artistas que nunca tiveram chances de terem seus trabalhos divulgados no nosso salão.”

Para o presidente da comissão organizadora do salão deste ano, Luiz Antonio Lopes Fagundes, “trata-se de uma decisão acertada, que abre espaços para novas visões sobre o nosso salão”

Já o presidente da AHA, Adolpho Queiroz, idealizador do concurso “essa foi uma das formas que encontramos para resgatar um capítulo importante da história do nosso salão, que teve no ex-prefeito Adilson Maluf um personagem importante que só agora, depois de 45 anos, passa a ser reverenciado e imortalizado na história deste que é o mais antigo dos salões similares no mundo.”

Imprimir