Alunos da Escola Eduir Benedicto Scarppari participam do projeto Cururu

Autor: Silvana Duarte Cavicchioli

Para resgatar e preservar a cultura regional, o Museu da Imagem e do Som de Piracicaba (Misp), mantido pela Prefeitura, por meio da Secretaria da Ação Cultural (Semac) realizou no último dia 22/06, no Teatro Erotides de Campos, o Teatro do Engenho, mais uma apresentação do projeto Cururu, desta vez para 66 alunos da Escola Estadual Prof. Eduir Benedicto Scarppari de Piracicaba.

Alunos da Escola Estadual Prof. Eduir Benedicto Scarppari de Piracicaba participam do projeto Cururu

O projeto Cururu se destaca por levar um gênero musical tão predominante na região às escolas. Nele, duplas de cantores com viola e/ou violão expressam uma série de fatos alternadamente em forma de versos rimados variáveis ligados às experiências, imaginações ou histórias que podem ser apresentadas por meio de cânticos em forma séria ou irônica.

A apresentação que empolgou e promoveu a interação dos alunos foi realizada pelos cururuzeiros Toninho da Viola e seus convidados: Maurinho Bortoleto, Dirceu Quiode e Carlinhos Silva. “Adorei. A apresentação possibilita a participação de todas as pessoas em um show de cultura”, disse Julia Eduarda Pires Soares, 11 anos.

Para Lavínia Fernandes, 11 anos, e Thiago Rodrigo Fernando de Oliveira, 13 anos, a apresentação foi emocionante, porque resgatou a tradição e a cultura piracicabanas.

Já Diego Gabriel de Souza Quintino, 12 anos, achou o projeto muito informativo. “Gostei muito de eles terem chamado a gente ao palco para participar também. Esse pessoal é incrível!”.

Imprimir