Secretário de Educação participa de reunião extraordinária do Conselho Municipal de Educação

Autor: Texto/Fotos : Comunicação SME

O Conselho Municipal de Educação (CME) realizou na última quinta-feira, 19/05, reunião extraordinária com objetivo de fortalecer a relação entre a Secretaria Municipal de Educação e o CME. O encontro ocorreu no anfiteatro da SME após convocação do presidente Nivaldo Guidolin de Lima Filho.

Representando a SME, o secretário Bruno Roza destacou o trabalho que vem desempenhando à frente da Pasta nos últimos meses. “Desde quando fui nomeado secretário estamos trabalhando para garantir a execução dos contratos, bem como viabilizar, com urgência, a normalização do fornecimento de insumos, materiais e pessoal”, afirmou o secretário.


O secretário também destacou o esforço da secretaria para suprir a necessidade de contratação de novos funcionários para a rede.

Além disso, Roza destacou aos membros do Conselho as novas ações que a SME tem tomado para sanar a falta de profissionais em toda a Rede de Ensino de Piracicaba. “Estamos concluindo o processo seletivo para o preenchimento de vagas para professores substitutos temporários e estamos com o concurso aberto para a contratação de novos profissionais. Com isso vamos conseguir dirimir o problema de pessoal na Rede.”, pontua.

Outro ponto abordado pelo secretário durante os questionamentos dos conselheiros foi com relação à manutenção predial das unidades, as quais têm demandas a serem atendidas há longos anos.


Na Reunião, Secretário Bruno Roza comentou sobre o investimento que será realizado na revitalização das unidades escolares

“Estamos prontos para colocar em prática um dos maiores investimentos em obras e manutenção das nossas unidades durante anos em Piracicaba, com a execução de reparos e revitalização das escolas municipais, que, há anos, não veem esses investimentos chegarem. É uma prioridade nossa entregar uma estrutura de qualidade.”, finaliza Roza.

O Conselho Municipal de Educação é formado por representantes de universidades, ensino técnico, ensino estadual, municipal e particular, além de representantes de entidades do 3° setor e representativas como o Conselho Tutelar, e pais de alunos da rede municipal e estadual de ensino, tendo seu mandato em vigor até o final de 2022.

Imprimir