Piracicaba

.: Piracicaba registra abertura de mais de 1.300 empresas em 2017

Data: 08/01/2018

Autor: João J. Souza

No ano passado, Piracicaba registrou a abertura de 1.321 novas empresas formadas por empreendedores que não se enquadravam como MEI - Microempreendedor Invidual. O tempo médio para abertura de empresas de baixo risco em Piracicaba é de 24 horas. É o que mostra levantamento feito pelo SIL - Sistema Integrado de Licenciamento e agilidade no trâmite para alvará na prefeitura.

Por outro lado, as liberações do Bombeiros e Vigilância Sanitária com aprovação rápida e sem burocracia, podem ser feitas eletronicamente e consequentemente as liberações da Prefeitura são atendidas de forma rápida quando os documentos necessários são protocolados de imediato.

O vice-prefeito José Antonio de Godoy, que também responde pelas pastas de Governo e do Desenvolvimento Econômico, ressalta que Piracicaba se coloca mais uma vez como um município empreendedor, sempre buscando novos caminhos e mecanismos que permitam aos empresários continuarem a investir na cidade, atraídos pelas suas qualidades e disposição dos agentes públicos em permitir que seus negócios operem de forma mais rápida.

Godoy lembra que a Prefeitura, no ano de 2017, procurou agilizar os processos e mecanismos para colocar em funcionamento projetos que estavam parados, como o Distrito Industrial Uninorte, aprovando de forma mais rápida os novos empreendimentos no Conselho de Desenvolvimento Econômico e nas secretarias municipais. Outras empresas deste distrito também abriram novos postos de trabalho e desenvolveram negócios voltados para a exportação.

O secretário de Desenvolvimento Econômico destaca ainda que, mesmo com a crise do setor automobilístico nacional, o Parque Automotivo de Piracicaba continuou no mesmo ritmo de produção sem que houvesse dispensa de funcionários, mantendo o volume de vendas de anos anteriores.


MEIs - Entre 2012 e 2017, o número de Microempreendedores Individuais (MEIs) cresceu 350% em Piracicaba. De acordo com dados do Portal do Empreendedor, até novembro dao ano passado, a cidade contabilizava 16.771 empreendimentos ativos – há cinco anos, o índice era de 4.736 no 11º mês do ano.

Apenas entre janeiro de novembro de 2017, 2.565 inscrições foram registradas no município. "A maior demanda pelo MEI tem relação com a situação econômica do Brasil. Sem emprego com carteira assinada, estimulamos os profissionais a empreender", explica o secretário municipal do Trabalho e Renda, Evandro Evangelista.

Grande parte dos MEIs ativos na cidade é de cabeleireiro – o segmento responde por 9,3% do total. São 1.521 cadastros, sendo 339 homens e 1.182 mulheres. O comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios é o segundo segmento com maior demanda. Hoje são 1.376 MEIs ativas (8,4% do total). Obras de alvenaria somam 848, o que responde por 5% do total.


 

Fonte: CCS

X

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente





9 - 9

X

Enviar e-mail para amigo!

O link da notícia será enviado automaticamente





9 - 9

Logo comemorativo Racismo é Crime Resultados de Exames
Campanha Sinal Aberto pra vida
Webmail
Contato Prefeitura: Tel. (19) 3403-1000
Rua Capitão Antônio Corrêa Barbosa, 2233 - Chácara Nazareth - Piracicaba/SP
2018 - Todos os direitos reservados | Prefeitura de Piracicaba
Desenvolvimento Imagenet