Piracicaba

.: Piracicaba se mantém em 2º lugar como a melhor em gestão municipal

Data: 12/09/2018

Autor: Texto: Eleni Destro

Piracicaba foi destaque, mais uma vez, na terceira edição do estudo Índice dos Desafios da Gestão Municipal (IDGM), realizado pela consultoria Macroplan e divulgado em agosto. O município ficou em 2º lugar no ranking geral e ocupa a 1ª posição na área de educação em análise que envolve as 100 maiores cidades do país, responsáveis por metade do PIB (Produto Interno Bruto) no Brasil. O estudo analisa 15 indicadores em 4 áreas: Educação, Saúde, Segurança e Saneamento e Sustentabilidade.

O IDGM varia de 0 a 1 e, quanto mais próximo de 1, melhor o desempenho do município. Na soma de todas das áreas, Piracicaba registrou índice de 0,739 e ficou atrás apenas de Maringá, cidade do Paraná. Já em Educação, com uma pontuação de 0,660, a cidade aparece em primeiro lugar no ranking. Em Saneamento e Sustentabilidade, obteve o índice de 0,947, e é a 9ª melhor do país.

Na área de educação, de acordo com o estudo, em 2007, a cidade ocupava a 21ª posição no ranking. A evolução foi alcançada com investimentos em obras e a intensificação da contratações de professores e servidores, a partir de 2004. Nesse mesmo ano, havia 16.679 alunos matriculados na rede municipal de ensino, número que aumentou 109% e chegou em 2018 a 35.556 matriculados.

A educação infantil, por sua vez, teve aumento ainda mais expressivo. Em 2004, havia 6.031 crianças na rede, número que cresceu 213% e chegou a 18.879 crianças neste ano, sendo que na pré-escola, crianças de 4 e 5 anos, 100% da demanda é atendida. Em 2004, o município contava com 39 escolas de educação infantil, número que cresceu 128,2% e chegou neste ano a 89 escolas. O número de unidades de ensino fundamental aumentou 142% e passou de 19, em 2004, para 46 atualmente. O número de unidades de ensino fundamental aumentou 142%: passou de 19, em 2004, para 46 atualmente.

Em Saneamento e Sustentabilidade, Piracicaba salta da 49ª posição, em 2006, para a 1ª posição atualmente, com índice de 28% e 100%, respectivamente, para o indicador esgoto tratado. Ainda na mesma área, o índice de fornecimento de água tratada para a população saltou da 24ª posição, em 2006, para a 1ª, hoje. A coleta de esgosto, que colocava a cidade na 5ª posição em 2006, hoje a eleva à 1ª. Outro índice da mesma área é o de coleta de lixo, que manteve a 1ª colocação com 100% da população atendida pelo serviço em Piracicaba.

Na área da Saúde, os dados gerais também são positivos nos indicadores consultas pré-natal, que passou da 24ª posição para a 15ª, e atenção básica, que saltou do 64º lugar para o 36º. A taxa de mortalidade infantil, que em 2006 era de 9,5 para cada 1.000 nascidos vivos, caiu para 8,8 atualmente. A taxa de mortalidade por doenças crônicas não transmissíveis caiu de 293,5 para 284,2 para cada 100 mil habitantes de 30 a 69 anos.

Em Segurança, no indicador taxa de homicídios, a cidade passou de 13,9 mortes por 100 mil habitantes para 10,4. A melhora é muito mais significativa quando se trata de taxa de óbitos no trânsito por 100 mil habitantes, que passou de 16,6 para 13,4.

Fonte: CCS

X

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente





10 - 9

X

Enviar e-mail para amigo!

O link da notícia será enviado automaticamente





10 - 9

Plano diretor Racismo é Crime Resultados de Exames
Campanha Sinal Aberto pra vida
Webmail
Contato Prefeitura: Tel. (19) 3403-1000
Rua Capitão Antônio Corrêa Barbosa, 2233 - Chácara Nazareth - Piracicaba/SP
2018 - Todos os direitos reservados | Prefeitura de Piracicaba
Desenvolvimento Imagenet