Piracicaba

.: Professores e equipes gestoras de quatro escolas municipais passam por formação ambiental

Data: 11/07/2019

Autor: André Thieful

Professores de quatro escolas de educação infantil passaram por formação em educação ambiental e resíduos sólidos nos meses de abril, maio e junho. O trabalho foi realizado pela Secretaria Municipal de Educação em parceria com o Programa USP Recicla/ESALQ, por meio do Projeto Vivência em Educação Ambiental e Resíduos.

Cada unidade escolar participou de três encontros de formação durante o HTPC (Horário de Trabalho Pedagógico Coletivo) que abordaram temas, como consumo consciente, coleta seletiva, legislação sobre resíduos sólidos, 3Rs (reduzir, reutilizar e reciclar) e resíduos orgânicos. As formações realizadas também proporcionaram o envolvimento dos funcionários das escolas que participaram de momentos que trataram da reutilização dos alimentos orgânicos e separação dos resíduos produzidos na unidade.

No total, 94 professores participaram da formação. Eles desenvolveram projetos e atividades com 1.022 alunos, além das merendeiras, zeladores e serviços gerais que participaram em, pelo menos, um encontro formativo sobre reutilização dos alimentos orgânicos e separação dos resíduos produzidos na unidade.

Os educadores que participaram da formação são das escolas Professor Affonso Salati, Deolinda Elias Cenedese, Professor Tomaz Caetano Cannavan Rípoli e Professora Ruth Vilaça Correia Leite Cardoso.

“Os objetivos das formações foram sensibilizar a equipe escolar sobre educação ambiental e resíduos sólidos, assim como fortalecer, estimular e promover projetos e ações sobre resíduos sólidos e consumo consciente”, explicou a formadora Laís Ferraz de Camargo, da Secretaria Municipal de Educação.

Foram utilizados vídeos e textos para subsidiar os diálogos entre os participantes, assim como foram realizados momentos práticos sobre compostagem de resíduos orgânicos.

As unidades escolares participantes foram selecionadas considerando os projetos sobre resíduos sólidos já realizados em anos anteriores. “Dessa forma, as formações também puderam auxiliar na continuidade dessas atividades”, disse Laís.

Foram realizadas ações sobre reutilização de materiais recicláveis produzidos pelas escolas, separação dos resíduos da escola (recicláveis e não recicláveis), peça teatral, alimentação saudável, horta, composteiras e minhocários.

As atividades sobre alimentação saudável foram realizadas junto com o Projeto Desembale Menos, Descasque Mais, realizado pela Coordenadoria em Programas de Alimentação e Nutrição (CPAN) e tiveram como objetivo abordar também a redução de plástico nas embalagens dos alimentos, além da importância da alimentação saudável.

“Essa relação é um bom exemplo da interdisciplinaridade abordada pela educação ambiental, uma vez que a área deve ser trabalhada integrando as ações e projetos desenvolvidos na escola”, explica Laís.

Uma das atividades proporcionadas pelos momentos formativos foi a realização de um diagnóstico dos resíduos da escola e do entorno, quando as professoras e gestoras escolares foram orientadas e sensibilizadas a ampliar o olhar sobre a separação e descarte dos resíduos.

O momento proporcionou atividades envolvendo os alunos e de aproximação escola-comunidade, principalmente relacionados ao descarte de resíduos no entorno da escola, como por exemplo passeatas de sensibilização da comunidade sobre os resíduos descartados incorretamente, exposição dos resíduos recicláveis recolhidos no entorno da escola, entre outros.

Outro desdobramento do diagnóstico realizado foi o fortalecimento de parcerias que as escolas mantêm com equipamentos públicos presentes nas comunidades.

A Emei Ruth Vilaça Correia Leite Cardoso, por exemplo, foi a unidade escolar que identificou grande descarte irregular de resíduos próximo à escola. Dessa forma, a parceria com a Unidade de Saúde da Família (USF) e com o Centro Comunitário se intensificou, com o objetivo de sensibilizar a comunidade sobre a questão.  

Os pais e familiares dos alunos também foram envolvidos nas atividades, por meio de reuniões, informativos sobre a separação e destinação correta dos resíduos e oficinas de reaproveitamento de resíduos.

A parceria com o USP Recicla continuará no segundo semestre, por meio do acompanhamento dos projetos realizados pelas quatro escolas envolvidas e auxílio no fortalecimento da parceria entre as escolas e USFs, com o objetivo de sensibilizar os pais sobre descarte correto de resíduos, saúde e qualidade de vida. 

 

Fonte: Secretaria Municipal de Educação

X

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente





4 - 3

X

Enviar e-mail para amigo!

O link da notícia será enviado automaticamente





4 - 3

Plano diretor Racismo é Crime Resultados de Exames
Ficar informado sobre Pira ficou ainda mais fácil Semuttran
Webmail
Contato Prefeitura: Tel. (19) 3403-1000
Rua Capitão Antônio Corrêa Barbosa, 2233 - Chácara Nazareth - Piracicaba/SP
2019 - Todos os direitos reservados | Prefeitura de Piracicaba
Desenvolvimento Imagenet