Piracicaba

.: Região rural foi a última a receber plenárias do Orçamento Participativo

Data: 29/06/2022

Autor: João J.Souza- fotos- Isabela Borghese

A região rural encerrou as plenárias do Orçamento Participativo

A região rural de Piracicaba foi a última a receber as plenárias do Orçamento Participativo (OP), realizadas na noite de segunda e terça-feira, 27 e 28/06, respectivamente, no anfiteatro da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Sema). O prefeito Luciano Almeida esteve presente na reunião de terça-feira e reafirmou o seu compromisso com a manutenção do OP. As plenárias coordenadas pela Secretaria Municipal de Governo foram abertas à população e abrangeram as seis regiões da cidade (Oeste, Leste, Norte, Sul, Centro e Rural). A secretária de Agricultura e Abastecimento (Sema), Nancy Thame, também acompanhou as reuniões.

DEMANDAS - Entre as demandas apresentadas pela coletividade da zona rural estão recapeamento asfáltico da avenida Fioravante Cenedese, em sua extensão; restauro da lagoa do Lago Azul; restauros da antiga estação da Fepasa e da ponte de ferro Joaquim Nunes e reparos em suas cabeceiras, em Artemis; aluguel de um espaço para o Centro Cultural do bairro Lago Azul; prolongamento da rua Victor Delamuta, no Lago Azul, até a rotatória de acesso a Artemis; passagem de máquina e colocação de lajão britado na estrada Arthur Semmler Tietz e passagem de máquina e colocação de lajão britado na PIR 290 José Francisco Perez Gonzales.

Também foram reivindicados o asfaltamento da PIR 013L (Estrada Santa Isabel); área de lazer no Jardim Bartira; término das obras do varejão social no Parque Peória; asfaltamento da rua 10 de Novembro, em Tupi; calçada de ligação entre o Jardim Bartira e Tupi e construção de duas salas de aula na Escola Estadual Pedro de Mello, em Tupi.

Ana Carolina Berreta, moradora de Artemis e assessora do vereador Josef Borges, diz que as plenárias são fundamentais para conquistar melhorias coletivas para bairros e regiões. "É importante que as pessoas participem desse processo e acreditem na credibilidade do OP", disse.

Ana Carolina Berreta, moradora de Artemis

Tendo já participado de outras plenárias do OP, Simone Dias, da Associação dos Moradores do distrito de Tupi, destacou que uma das demandas prioritárias para sua região é o asfaltamento da estrada municipal Santa Isabel. "Vamos continuar mobilizados para que as conquistas para região de Tupi sejam concretizadas", ressaltou.

Simone Dias, representante da Associação de Moradores de Tupi

COMPROMISSO - O prefeito Luciano Almeida disse que o OP representa o estreitamento da relação entre o Poder Público e sociedade civil. "Seremos objetivos e transparentes e as demandas não ficarão sem resposta, mesmo as que não possam ser atendidas em determinado momento", disse.

O prefeito Luciano Almeida reafirmou o compromisso com a manutenção do OP

Segundo o prefeito, o Poder Público sozinho não consegue dar conta de todas as solicitações, devido às restrições orçamentárias. "Mas junto com a sociedade, podemos encontrar alternativas que beneficiem a coletividade", destacou.

SERVIÇO - O Orçamento Participativo (OP) é um mecanismo governamental de democracia participativa que permite aos cidadãos influenciar ou decidir sobre os orçamentos públicos de prefeituras municipais para assuntos locais, por meio de processos de participação da comunidade.

 

X

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente






X

Enviar e-mail para amigo!

O link da notícia será enviado automaticamente






Desenvolvimento Rural Sustentável Multas - Consulta e Parcelamento Resultados de Exames Editais Cultura
Webmail
Contato Prefeitura: Tel. (19) 3403-1000
Rua Capitão Antônio Corrêa Barbosa, 2233 - Chácara Nazareth - Piracicaba/SP
2022 - Todos os direitos reservados | Prefeitura de Piracicaba
Desenvolvimento Imagenet