Piracicaba

.: Saúde receberá verba para promover alimentação saudável a crianças

Data: 06/06/2022

Autor: Texto: Felipe Poleti/CCS -- Fotos: Isabela Borghese

A Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria de Saúde, vai receber incentivo financeiro de R$ 91.273,00 do Governo Federal para ampliar ainda mais as ações de promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno e da alimentação complementar adequada e saudável para crianças menores de dois anos de idade, no âmbito da Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB), na Atenção Primária à Saúde. O anúncio da verba vem do Ministério da Saúde e será repassada para apenas sete municípios do estado de São Paulo que tiveram aumento do indicador, entre eles, Piracicaba, Itapevi, Martinópolis, Regente Feijó, Ribeirão Preto, São José dos Campos e Sertãozinho.

Conforme explica Márcia Cardoso, da coordenadora do CPAN (Coordenadoria de Programas de Alimentação e Nutrição), o município receberá esse incentivo financeiro após aumentar os registros do número de crianças menores de dois anos com estado nutricional (peso e altura) avaliado – saindo de 3.646, em 2020, para 4.108, em 2021 –, e número de crianças menores de dois anos com práticas alimentares registradas – saindo de 228, em 2020, para 915, em 2021. "Esses marcadores refletem o trabalho que as equipes da Atenção Primária estão realizando no atendimento às crianças e no Programa Saúde na Escola, o PSE, que também faz o acompanhamento nutricional e de consumo alimentar das crianças".

Aluna de Medicina, Luana Cabrelon, faz a pesagem das crianças da creche do bairro Santa Rita

Márcia explica que o incentivo financeiro foi destinado aos municípios que superaram as exigências de Portaria do MS publicada em 2020 referente à nutrição de crianças menores de dois anos. "A análise de avaliação de desempenho apontou que, dos 382 municípios contemplados por esta Portaria, 105 tiveram êxito no desempenho dos dois indicadores previstos. Assim, esses municípios vão receber o incentivo financeiro para continuidade dos esforços em torno da implementação da EAAB", completou.

A coordenadora do CPAN lembrou que o valor poderá ser utilizado na aquisição de material educativo para as Unidades de Saúde "e investimento em capacitação dos profissionais da Atenção Primária para melhorar ainda mais os índices e ampliar as Equipes capacitadas na EAAB".

AÇÃO – O Programa Saúde na Escola (PSE) tem como objetivo a integração e articulação da educação e da saúde, proporcionando melhoria da qualidade de vida dos educandos em regiões consideradas de vulnerabilidade social. Na semana passada, o PSE levou o projeto Crescer Saudável – de enfrentamento da obesidade infantil – à Escola Municipal Professora Ermelinda Adorno por meio da Unidade de Saúde da Família (USF) Santa Rita-Avencas.

Carina Siqueira, auxiliar de enfermagem da USF que acompanha as ações do PSE no bairro há quatro anos, disse que, neste momento, a escola tem 159 crianças sendo acompanhadas pelo programa. "Uma vez por ano fazemos a pesagem e a medição do crescimento das crianças atendidas aqui na creche, como estamos fazendo hoje, mas nosso programa não é só isso, temos apoio da odontologia, do setor da imunização para acompanhamento da vacinação das crianças, entre outras ações. Este incentivo vai proporcionar que o programa do CPAN seja ampliado para mais escolas".

Município receberá esse incentivo financeiro após aumentar os registros do número de crianças menores de dois anos com estado nutricional avaliado

Conforme explicou a diretora da escola municipal, Jaqueline Coelho Prates Pereira, é fundamental a parceria entre as Secretarias de Educação e Saúde para a promoção da melhoria da qualidade de vida das crianças. "A escola sempre está de portas abertas para essas parcerias e projetos. Hoje, por exemplo, estamos com uma equipe da Faculdade de Medicina dando suporte ao PSE".

A farmacêutica e professora da disciplina Atenção Integral à Saúde da Universidade Anhembi-Morumbi de Piracicaba, Talita Bonato de Almeida, esteve na unidade escolar com sete alunos do segundo ano de medicina, que auxiliaram no trabalho de pesagem das crianças. "É um momento muito importante para os alunos, pois eles conhecem o funcionamento do SUS e se preparam para quando iniciarem a carreira poderem atuar na rede pública de saúde. Além disso, um dos objetivos da universidade é inserir esses estudantes em experiências fora da sala de aula e esta oportunidade tem sido muito bem aproveitada".

Equipes das Secretarias de Saúde e Educação, junto aos alunos da Faculdade de Medicina que auxiliaram a pesagem realizada na creche do bairro Santa Rita

EAAB – A Secretaria Municipal de Saúde realiza amanhã, 07/06, o último encontro para formação de 15 novos tutores dentro da Estratégia Nacional para Promoção do Aleitamento Materno e Alimentação Complementar Saudável no SUS – Estratégia Amamenta e Alimenta Brasil (EAAB). O secretário de Saúde, Filemon Silvano, destacou a importância deste tipo de investimento. "É muito importante ter pessoas qualificadas em nossa rede de Atenção Básica, pois assim reforçamos e incentivamos cada vez mais a promoção do aleitamento materno e da alimentação saudável para crianças. Além disso, vale ressaltar que a cidade hoje tem apenas três tutores na EAAB e, nos próximos dias, com o encerramento desta formação, serão 18. Isso nos dará maior amplitude no atendimento à população".

X

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente






X

Enviar e-mail para amigo!

O link da notícia será enviado automaticamente






Desenvolvimento Rural Sustentável Multas - Consulta e Parcelamento Resultados de Exames Editais Cultura
Webmail
Contato Prefeitura: Tel. (19) 3403-1000
Rua Capitão Antônio Corrêa Barbosa, 2233 - Chácara Nazareth - Piracicaba/SP
2022 - Todos os direitos reservados | Prefeitura de Piracicaba
Desenvolvimento Imagenet