Piracicaba

.: Secretário da Ação Cultural participa de seminário sobre impactos da Lei Aldir Blanc

Data: 01/07/2022

Autor: Texto: Silvana Duarte Cavicchioli

Obras de arte em exposição na Pinacotece de São Paulo

No último dia 28/07, o secretário da Ação Cultural, Adolpho Queiroz, participou só seminário Economia Criativa & Desenvolvimento, na Pinacoteca de São Paulo, ao lado do secretário da Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, e de representantes de órgãos ligados à cultura, como Itaú Cultural e Sesc, entre outras. Em pauta, temas referentes à Lei Aldir Blanc, que durante a pandemia abriu espaços, valorizando e beneficiando projetos de artistas de todo o Estado. O evento foi transmitido pelo Canal Arte1.

Com apoio decisivo proveniente de recursos dos governos do Estado e da Federação, a Lei Aldir Blanc disponibilizou aportes para a realização de milhares de projetos no Estado. Durante o encontro, Queiroz acertou com Sérgio Leitão detalhes sobre propostas da Prefeitura de Piracicaba em andamento no Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico), como a liberação de emendas parlamentares em análise técnica da Semac, dentre outros assuntos culturais pertinentes à cidade.

"Estamos recebendo e finalizando todos os processos junto à Secretaria da Ação Cultural em relação à Lei Aldir Blanc realizados em Piracicaba e, em breve, faremos um balanço público sobre o dinheiro investido, as atividades realizadas, e sobre os tributos arrecadados pelo município, totalizando R$ 2,5 milhões investidos entre 2021 e 2022", informa Queiroz.

Profº Dr. Adolpho Queiroz junto com o secretário da Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão, durante seminário na Pinacotece de SP

Durante o seminário, o secretário Sérgio Sá Leitão também comemorou o crescimento da verba para o setor de cultura estadual, hoje estimada em R$ 1,4 bilhão, e afirmou que o Estado de São Paulo está preparado e bem organizado no setor artístico para enfrentar os desafios do período pós-Covid. "Exibimos exponencialmente, naquele período, espetáculos online, e com a volta do público, os resultados econômicos e financeiros do setor devem ser multiplicados por seis vezes em termos de recursos gerados", ressaltou Leitão.

Também, de acordo com o governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, os programas de fomento à cultura realizados pelo Governo-SP em 2020, primeiro ano da pandemia, tiveram um impacto econômico total de R$ 688,8 milhões, com um Efeito Multiplicador de Investimento (EMI) de R$ 1,67 para cada R$ 1 investido. "Os projetos apoiados geraram 40.221 empregos temporários e 9.291 anualizados, além de R$ 110,8 milhões em tributos", afirmou Rodrigo.

 

X

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente






X

Enviar e-mail para amigo!

O link da notícia será enviado automaticamente






Desenvolvimento Rural Sustentável Multas - Consulta e Parcelamento Resultados de Exames Editais Cultura
Webmail
Contato Prefeitura: Tel. (19) 3403-1000
Rua Capitão Antônio Corrêa Barbosa, 2233 - Chácara Nazareth - Piracicaba/SP
2022 - Todos os direitos reservados | Prefeitura de Piracicaba
Desenvolvimento Imagenet