Piracicaba

.: Sema e Agência das Bacias PCJ realizam plantio de mudas no Dia da Árvore

Data: 21/09/2022

Autor: Texto: Camila Piacentini Foto: Justino Lucente

Como forma de comemorar o Dia da Árvore, a Agência das Bacias PCJ, com parceria da Secretaria de Agricultura e Abastecimento (Sema), realizou hoje, 21/09, o plantio de 20 mudas em uma propriedade rural no bairro Pau Queimado. A ação, que contou com aproximadamente 40 pessoas, teve ainda o apoio da Secretaria de Defesa do Meio Ambiente (Sedema), que doou as mudas por meio do Viveiro Municipal.


Marcelo Ferezin, Nancy Thame, Sergio Razera e colaboradores da Agência das Bacias PCJ plantaram a primeira das 20 mudas na ação para o Dia da Árvore

O plantio, que integra o programa de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA), foi de espécies de ingá-vera, pau-viola, canafístula, caroba-branca, aroeira, pau-d’alho, arariba, cabreúva, pau-marfim e jatobá.

A titular da Sema, Nancy Thame, destaca que a iniciativa, além de lembrar do simbolismo do Dia da Árvore, é também uma forma de demonstrar a relevância do PSA para o município, em especial para os produtores rurais. “O PSA é uma referência que queremos expandir para outros municípios. Aos objetivos do programa envolvem conservação do solo, saneamento rural e proteção dos mananciais, que é essa ação conjunta com o PCJ que aconteceu hoje. E dentro desse âmbito, a ideia é recuperar e reflorestar áreas com falhas, que precisam de recomposição florestal. E, por isso, a Sema agradece a participação de todos e a parceria com a Agência para fazer essa atividade acontecer. Também estendemos nossos agradecimentos aos produtores rurais que optaram por aderir ao PSA”, disse.


Iniciativa idealizada pela Agência das Bacias PCJ em parceria com a Sema faz parte do programa de Pagamento por Serviços Ambientais

Segundo a engenheira agrônoma da Sema, Evelise Moncaio Moda, o objetivo da iniciativa é reflorestar e conservar. “A proposta de plantio da Agência das Bacias PCJ, integrando o PSA, visa contemplar áreas que precisam de reflorestamento, melhorando a conservação de mananciais. Para nós, é uma satisfação poder realizar essa ação de forma conjunta”, ressalta.

Marcelo Fernando Ferezini, tesoureiro da Coopihort (Cooperativa Piracicabana De Horticultores), proprietário da área onde a ação aconteceu, se disse honrado com a iniciativa. “É uma satisfação receber essas pessoas e integrar esse projeto. A área onde esse plantio foi realizado, já recebe esse trabalho de reflorestamento há cerca de dez anos, período em que plantamos 500 mudas. Essas novas mudas foram plantadas em espaços com falhas, para manter o processo de recuperação e preservação da área”, conta.

A Coopihort é uma cooperativa com cerca de 60 agricultores familiares e médios, que fornecem produtos in natura para a merenda escolar, varejões e que iniciará a produção de alimentos minimamente processados.


As mudas, doadas pelo Viveiro Municipal, foram de ingá vera, pau viola, canafístula, caroba branca, aroeira, pau d’alho, arariba, cabreúva, pau marfim e jatobá

“Pensamos nessa ação como uma maneira de trazer os colaboradores da Agência para o campo, para que todos tenham uma experiência prática e compreendam ainda mais a função da árvore na proteção de mananciais. E, além disso, destacar esse projeto tão importante que é o PSA, que é um modelo”, comenta Marina Peres Barbosa, assessora ambiental da PCJ.

Sergio Razera, diretor-presidente da Agência, disse que a ação estreitou ainda mais a parceria com o poder público. “A Prefeitura é nosso braço, assim como todos os 76 municípios que integram as Bacias PCJ. Idealizamos esse feito, em parceria, como forma de integrar todo o time da Agência, incluindo os que trabalham no escritório, mas também com o objetivo de recolocar árvores de onde elas nunca deveriam ter saído. E esse é nosso objetivo, contar com parcerias que nos ajudem a manter, preservar e recuperar matas, bacias, nascentes e rios”.

O PSA – O Pagamento por Serviços Ambientais, programa da Prefeitura de Piracicaba, coordenado pela Sema, é um sistema de remuneração a produtores rurais que atendem às práticas sustentáveis para preservação de suas propriedades com potencial para produção de água no município. São aceitas inscrições de áreas localizadas na região das microbacias do ribeirão dos Marins, Congonhal, Tamandupá e Paredão Vermelho. O principal objetivo do PSA é proteger e incentivar a conservação das microbacias da região.

X

Reportar erro!

Se você encontrou erro neste texto ou nesta página, por favor preencha os campos abaixo. O link da página será enviado automaticamente






X

Enviar e-mail para amigo!

O link da notícia será enviado automaticamente






Desenvolvimento Rural Sustentável Multas - Consulta e Parcelamento Resultados de Exames Editais Cultura
Webmail
Contato Prefeitura: Tel. (19) 3403-1000
Rua Capitão Antônio Corrêa Barbosa, 2233 - Chácara Nazareth - Piracicaba/SP
2022 - Todos os direitos reservados | Prefeitura de Piracicaba
Desenvolvimento Imagenet